Índice de Competitividade do Turismo Nacional

A fim de dar continuidade ao trabalho iniciado em 2008, o Ministério do Turismo (MTur), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Nacional) e a Fundação Getulio Vargas (FGV) consolidam a edição 2014 do Índice de Competitividade do Turismo Nacional.

No estudo são analisadas 13 dimensões: Infraestrutura geral, Acesso, Serviços e equipamentos turísticos, Atrativos turísticos, Marketing e promoção do destino, Políticas públicas, Cooperação regional, Monitoramento, Economia local, Capacidade empresarial, Aspectos sociais, Aspectos ambientais e Aspectos culturais.

 

Seguem os resultados: 

Índices de competitividade do destino Brasil e o destino Belo Horizonte

 

 

Dimensões

 

Brasil

 

Belo Horizonte

Índice Geral

59,5

78,5

Infraestrutura Geral

68,2

83,8

Acesso

62,2

79,7

Serviços e Equipamentos Turísticos

58,7

82

Atrativos Turísticos

63,4

74,2

Marketing e Promoção do Turismo

48,4

81,6

Políticas Públicas

58,1

79,5

Cooperação Regional

48,3

62,7

Monitoramento

36,2

77

Economia Local

63,3

85,6

Capacidade Empresarial

61,9

94,5

Aspectos Sociais

59,7

67,7

Aspectos Ambientais

67,3

77,8

Aspectos Culturais

62

66,5

Fonte: FGV, SEBRAE, MTur, 2014