Um espaço cheio de riquezas

Click Estúdio Profissioanal-Acervo Belotur
Click Estúdio Profissioanal-Acervo Belotur
No ambiente do Jardim Botânico, da Fundação Zoo-Botânica, o Jardim Japonês apresenta aos visitantes a cultura e as tradições do país do Oriente e reforça os vínculos entre japoneses e brasileiros. O espaço de lazer e contemplação revela a concepção da filosofia zen de busca da naturalidade, a partir da expressão essencial da natureza e de boas energias.

Símbolo das comemorações do centenário da imigração japonesa no Brasil, em 2008, o jardim ocupa uma área de cinco mil metros quadrados e tem projeto paisagístico inspirado nos jardins existentes no Japão. Um lago com carpas coloridas, cascatas artificiais e árvores típicas, como o pinheiro oriental, a cerejeira, a azaleia e o bambu são alguns dos elementos que compõem o espaço. O jardim também abriga várias espécies de aves asiáticas como marreco-mandarim, tadorna-tricolor, tadorna-ferrujinha e ganso-australiano.

Um dos mais recentes pontos turísticos da capital, o Jardim Japonês possui ainda alguns elementos bastante representativos da cultura japonesa, com destaque para o Torii (portal de entrada), dois Torôs (lanternas de pedra), a Taiko Bashi (ponte) e a Sukiya (casa de chá). Por todas essas atrações, o Jardim Japonês está se tornando um local de grande visitação.

Visitação

Terça-feira – Exclusivamente para fotografias, filmagens e grupos especiais, previamente agendados.

Quarta-feira a Domingo – Visitas guiadas, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30. Os visitantes são atendidos por ordem de chegada, em grupos de até 10 pessoas, acompanhados por um agente de visitação.

Localização 

O Jardim Japonês de Belo Horizonte fica no Jardim Zoológico, localizado à Avenida Otacílio Negrão de Lima, nº 8.000, Pampulha.