A qualquer hora do dia, um belíssimo horizonte para admirar

Mirante das Mangabeiras (foto: Google)
Mirante das Mangabeiras (foto: Google)
Lá do alto, o vaivém da metrópole se transforma numa paisagem imóvel, com todo o tempo do mundo para ser contemplada; os arranha-céus parecem ser de brinquedo; a lagoa da Pampulha, apenas uma pincelada de tinta guache na paisagem; e toda a Belo Horizonte cabe em um só olhar. Assim pode ser descrita a cidade quando admirada do Mirante das Mangabeiras.

Se uma imagem vale mais que mil palavras, não existe melhor lugar que o Mirante para entender o porquê do nome da capital. Localizado na Praça Efigênio Salles, atrás do Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governador de Minas Gerais, o mirante oferece uma experiência única, um modo todo especial de admirar a cidade. De um lado, se vê a paisagem do complexo urbano, do outro, uma parte do Parque das Mangabeiras e da Serra do Curral.

Tanta beleza encantou até os atores Isis Valverde e Gustavo Winter, que gravaram lá uma cena da novela Ti-ti-ti, da Rede Globo, em 2010. “Esse mirante é maravilhoso, a vista é incrível”, afirmou Winter à equipe de reportagem que acompanha os bastidores da novela.

A belo-horizontina Maria Tereza Agrello, 47 anos, é fascinada por mirantes desde criança. Para ela, o do Mangabeiras, considerado o ponto mais alto da capital, resgata suas mais singelas lembranças dos passeios em família. “Meu pai saía fazendo um tour pela cidade mostrando-a a cada visitante que recebíamos em casa. O passeio no Mirante das Mangabeiras era parada obrigatória”, relembra.

veja mais

Outros nomes do Mirante

O local também é conhecido por outros nomes entre os belo-horizontinos:

- Mirante da Rádio Cidade

- Praça Rádio Jornal do Brasil

- Mirante JB

- Mirante das Mangabeiras

Para ela, o mais interessante no local, é, justamente, o contraste entre a visão da cidade e os contornos das montanhas. “É algo maravilhoso. Nossas montanhas delineiam BH carinhosamente, aconchegando a cidade e abraçando seus moradores. Lá de cima, a cidade inteira se desvela aos nossos olhos. E ela parece estar humildemente agradecendo e reverenciando a acolhida e a proteção da bela e soberana Serra do Curral”, fala admirada.

A moradora não hesita em dizer que recomenda o passeio, que é gratuito, a turistas e habitantes da capital. “É essencial para quem deseja, literalmente, ver na geografia de nossa ‘terrinha’, o nosso jeito acolhedor e hospitaleiro de ser. Além disso, o belo é sempre bom de ser visto a qualquer tempo e hora”, conclui.

Como chegar:

de carro:do alto da Avenida Afonso Pena, na praça do Papa, pegue o acesso para a rua Bady Salum, continue pela rua Pedro José Pardo até a rua J do Mirante, no bairro Mangabeiras.
de ônibus:linhas 4103 ou 4108

O mirante faz parte do roteiro Mangabeiras, no qual também estão incluídos o Parque, a Rua do Amendoim, a Praça da Bandeira, a Praça do Papa e o Museu do Telefone.

leia mais sobre

  • Belo Horizonte
  • Apoio: Belotur
  • Prefeitura de Belo Horizonte