Apresentação

A Prefeitura de Belo Horizonte criou, em 1979, o “Forró de Belô”, uma festa que unia os vários grupos de quadrilha que já existiam na cidade. Os objetivos eram, não somente oferecer mais uma opção de lazer e ampliação do leque de eventos turísticos, mas também o de resgate cultural, estimulando a criação de novos grupos de quadrilha, uma tradição que, ainda hoje, se espalha por todo o interior de Minas.
 
A partir de 1980 o evento passou a ser coordenado pela Belotur. Em 1994, transformou-se no “Arraial de Belô”. Deixou de ser apenas uma grande festa e resgatou a tradição junina na cidade. Desde a criação, a festa já foi realizada na Praça da Estação, Parque da Gameleira, Parque das Mangabeiras, Serraria Souza Pinto e nas administrações regionais.

A valorização das raízes e a apresentação de agentes simbólicos da arte, cultura e tradições de Minas Gerais fazem do “Arraial de Belô” uma das festas mais representativas de Minas Gerais e da capital, além de ter se consolidado com um dos eventos mais tradicionais do calendário cultural e turístico de Belo Horizonte.

Considerada uma das maiores festas juninas do Brasil, sucesso consolidado ao longo de 37 anos, o evento contempla manifestações culturais unidas às tradições e valores das comunidades inseridas no grande evento. São mais de 40 grupos de quadrilhas que representam todas as regiões da cidade no Concurso Municipal do Grupo de Acesso e Especial.